Visita do Cômite Empreendedorismo e Inovação ao Parque Tecnológico

O COMITÊ De Empreendedorismo E Inovação, formado pela UTFPR-CP, SEBRAE PR, FIEP, UENP-CP e ACECP, responsável pelo planejamento estratégico deimplantação do PARQUE TECNOLÓGICO NORTE DO PARANÁ – POLO CORNÉLIO PROCÓPIO, visitou, na segunda-feira, 17/10/2011, a cidade de Santa Rita do Sapucaí – MG conhecida como o “Vale da Eletrônica”. A visita teve como meta três objetivos bem definidos:

 

1) aprofundar o conhecimento das experiências de sucesso do Vale da Eletrônica, através de visitas técnicas ao Sindicato das Indústrias de aparelhos eletrônicos, elétricos e similares do Vale da Eletrônica (SINDIVEL), a Incubadora Municipal de Empresas e o Instituto Nacional de Telecomunicações (INATEL).

2) Oficializar a assinatura do termo de Cooperação do INATEL com a UTFPR Câmpus Cornélio Procópio para implantação do Parque Tecnológico do Norte do Paraná – Polo Cornélio Procópio.
3) Lançar a semente de parceria e cooperação entre as cidades de Cornélio Procópio PR e Santa Rita do Sapucaí MG, através de uma ligação histórico cultural desde suas fundações, pela Família do Coronel Francisco Moreira, como CIDADES IRMÃS. O grupo visitante foi composto pelas seguintes autoridades:

UTFPR Câmpus CP: o Diretor-Geral, Devanil Antonio Francisco; o Diretor de Relações Empresarias e Comunitárias, Rogério Akiride Ikegami; o Coordenador Técnico do Projeto Parque Tecnológico Norte do Paraná – Polo Cornelio Procópio, Luiz César de Oliveira, os professores Wagner Fontes Godoy, Rodrigo Henrique Cunha Palácios e Jancer Frank Zanini Destro.

SEBRAE (Londrina): a Consultora Simone Millan Shavarski e Lúcia Moraes, coordenadora de eventos.

UENP (Câmpus de CP): o Vice-Diretor, Bruno Ambrózio Galindo, e Ricardo Aparecido Campos, Diretor do Centro de Ciências Humanas e da Educação.

FIEP: o Diretor regional da FIEP e secretário municipal da Indústria, Comércio e Turismo de Bandeirantes, José Roberto Altizani.

SENAI: a Coordenadora de Educação, Luíza Ribeiro Medeiros.

ACECP: o Presidente da Associação Comercial de Cornélio Procópio, Celso Wanderlei
Marin, e Márcio Pedroso de Oliveira, vice-presidente da Associação Comercial de
Cornélio Procópio.

CODEL: o Diretor de Ciência e Tecnologia, Marcus Von Borstel. Representante do prefeito de Cornélio Procópio: o Secretário Municipal da Indústria, Comércio e Turismo de Cornélio Procópio, Silvio Antonio Cunha.

 

Como exemplo a ser seguido, Santa Rita do Sapucaí possui 40.000 habitantes e o seu VALE DA ELETRÔNICA conta com 151 empresas, que abrangem os setores de Eletrônica, Telecomunicações, Segurança, Informática, Radiodifusão, Automação Industrial, Predial e Comercial, Engenharia Biomédica, entre outros, faturando anualmente cerca de 2 bilhões de reais. Se é possível em Santa Rita do Sapucaí, também é possível em Cornélio Procópio, afirma o Diretor de Relações Empresariais e Comunitárias da UTFPR Câmpus Cornélio Procópio, Rogério Akihide Ikegami. Durante o período de visita no SINDIVEL, Pedro Vono, pesquisador da FIENG e Edson José Rennó Ribeiro, sócio da Empresa Ativa Soluções, partilharam experiências e dados sobre o Sindicato e a APL, relatando que cerca de 60% das empresas do Vale da Eletrônica exportam para outros países. O fator preponderante para o sucesso do APL (Arranjo Produtivo Local) do Vale da Eletrônica, segundo Pedro Vono, foi o olhar visionário do antigo prefeito Paulo Frederico Toledo, que há 25 anos percebeu a escassez de trabalho para a mão-de-obra qualificada em Santa Rita e vislumbrou a estratégia de atrair empresas e de criar oportunidades através do processo de incubadoras de empresas para que a população local e os recém-formados pudessem trabalhar na região. Cerca de 65% dos engenheiros formados pelo INATEL permanecem no Vale da Eletrônica como empreendedor empresário ou funcionário gestor de alguma empresa. Um exemplo desse processo de empreendedorismo, visitado pelo COMITÊ, foi a empresa LINEAR, fábrica de transmissores de televisão – analógicos e digitais, uma das primeiras empresas do Vale da Eletrônica. De acordo com Carlos Henrique Ferreira, um dos Diretores da LINEAR, ela possui hoje 320 funcionários no Brasil, 15 funcionários nos EUA e há pouco tempo a empresa foi incorporada pela japonesa HITACHI. Outro exemplo de sucesso na cidade é destacado pela Diretora da Incubadora municipal, Dani Lucia Xavier, que afirmou haver 31 empresas incubadas. A SECRETARIA MUNICIPAL DE CIÊNCIA TECNOLOGIA INDÚSTRIA E COMÉRCIO ainda mantém o Condomínio Municipal de Empresas, que consiste na oferta de estrutura física de baixo custo, além de outros benefícios regulamentados por Lei Municipal. “O Condomínio apoia as empresas que estiveram em processo de Incubação e conseguiram a Graduação”, afirma o Gerente do Condomínio, Ali Abduny Rahal. O Diretor-Geral da UTFPR Câmpus Cornélio Procópio, Devanil Antonio Franciscoafirmou que “após a criação do Comitê para Implantação do Parque Tecnológico, buscamos a melhor maneira de integração entre a Universidade e a Indústria. Através desta visita ao Vale da Eletrônica, estudando o modelo e sanando dúvidas, obteremos uma base mais sólida para a implantação pretendida e a parceria com o INATEL será de grande importância para nós”, concluiu o Diretor-Geral. No evento de assinatura do termo de Cooperação entre as Instituições, estavam presentes os membros do COMITÊ, o Diretor do INATEL, Marcelo de Oliveira Marques, o coordenador de Projetos Internacionais e Assuntos Especiais do INATEL, Profº Elias Kallás, o Assessor de Planejamento e Educação do INATEL, Profº José Geraldo, autoridades municipais e representantes de instituições de classe. Na cerimônia, o Prof. Luiz César de Oliveira, coordenador técnico do projeto do PARQUE TECNOLÓGICO NORTE DO PARANÁ – POLO CORNELIO PROCOPIO, apresentou o planejamento e as ações já tomadas pelo COMITÊ, desde 17/08/2011, data de seu lançamento em Cornélio Procópio, ressaltando as descobertas de laços históricos culturais entre as duas cidades, através de obras e doações envolvendo famílias ilustres de Santa Rita do Sapucaí MG que residiram em Cornélio Procópio. Estavam presentes familiares de personalidades da Cidade como o neto e a bisneta de Olavo Billac Pinto, importante político brasileiro, sobrinhos de Luzia Rennó Moreira (Sinhá Moreira), visionária fundadora da Escola Técnica de Eletrônica em Santa Rita do Sapucaí em 1959, a primeira escola técnica de eletrônica da América Latina. Em período passado também ajudou Cornélio Procópio em seus primeiros passos rumo à educação, como, por exemplo, doando o terreno da segunda escola estadual no município, que hoje se tornou a Universidade Estadual do Norte do Paraná – UENP-CP. Neste sentido, o COMITÊ lançou a semente do tratado entre as cidades como “CIDADE IRM”, comprometendo-se a levantar cientificamente, através da UENP-CP, dados e fatos que nos remetam ao laço eterno de irmandade. As autoridades e personalidades locais se encantaram com a proximidade apresentada e com nossa busca pelo exemplo de Santa Rita do Sapucaí, bem como houve o compromisso da Prefeitura Municipal de Cornélio Procópio, na figura do Prefeito Amin José Hannuche, em apoiar tal formalização. Buscaremos, nesse sentido, oficializar, por exemplo, uma data conjunta de comemoração entre as cidades irmãs e efetuar eventos técnicos, científicos e culturais. Somando a participação da CIDADE IRMÃ, Santa Rita do Sapucaí MG, às AÇÕES das instituições do COMITÊ mais o apoio público da cidade e do Prefeito Amin José Hannuche, bem como de todas as autoridades que representam o município de Cornélio Procópio e os demais 19 municípios da AMUNOP, que serão afetados positivamente pelo PARQUE TECNOLÓGICO NORTE DO PARANÁ – POLO CORNELIO PROCOPIO através de irradiação e redes de cooperação, com certeza obteremos sucesso nesse grandioso desafio. JUNTOS SOMOS FORTES.

Fechar Menu